1

Renata Banhara dá detalhes de agressões do marido

Nesta quinta-feira (22) a modelo Renata Banhara, de 48 anos, revelou mais um trauma triste e polêmico em sua vida. Em entrevista ao programa “ A Tarde é Sua ”, apresentado por Sônia Abrão na RedeTV! , , a modelo contou detalhes sobre as agressões que sofreu de seu marido, quando estava em recuperação de um tratamento contra uma bactéria no cérebro.

Em uma entrevista ao vivo, Renata Banhara relatou que o marido, de quem ela prefere não revelar a identidade, praticou  violência física e psicológica após ela questiona-lo sobre uma traição. Segundo a modelo as agressões ocorreram em sua própria casa. Ela ainda revelou que conseguiu gravar vídeos, com a ajuda de seu filho, que mostram os momentos dos ataques. “Filmei grande parte da agressão e mandei para a Delegacia, inclusive quando ele quebra o celular na minha cabeça”. As imagens estão em análise com a polícia, após a denúncia.

 

Renata Banhara dá detalhes de agressões do marido

Renata contou que a sequência de agressões tiveram início após ela descobrir que o marido, com quem está casada há cerca de 6 anos, a traia com uma amante enquanto ela estava no hospital em tratamento. “Me deu murro, chute e soco. Desceu a escada dando tranco em mim (…) Ele procurou bater em mim em lugares que não ficasse com marca. Ele dava golpe de karatê, judô, que me pegava nas laterais. Ele me pegou dos pescoço até os pés”.

Ainda de acordo com a modelo, ele a teria trancado para fora da sacada de seu quarto e, então, iniciou também as violências psicológicas, incentivando-a a cometer um suicídio. Ele me trancou no quarto, foi tudo muito rápido. Eu estava muito medicada. Ele abriu a janela e disse: ‘Agora pula. Seus filhos não te amam, eu não te amo, acabou a sua vida’”, revelou.

Abalada com a situação, a artista revelou como se sentiu ao se dar conta que o marido queria que ela tirasse a própria vida. “Ele sabia que o suicídio era uma passagem do hospital. Ia ser um suicídio porque eu estava dopada, mas ninguém ia saber que não seria um suicido (…)  Hoje você podia estar anunciando uma suicida”, conclui Renata Banhara .

 

faloepronto

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *